* Fátima Irene Pinto *



Vocês, meus amigos desconhecidos,
Que quase todo dia, nesta tela aportam,
Trazendo belezas que me abrem portas,
Para Deus, em louvor agradecido,

Da vida, vocês fizeram-se o meu sentido.
Da poeta, você fizeram-se a inspiração.
E vou seguindo nestes versos comovidos,
Escritos com a alma, em silente oração.

Eu não os conheço, tampouco vocês a mim.
Mas quando o amor e a ternura vertem assim,
O que importa o mútuo conhecimento?

Estamos irmanados num mesmo fim,
De chegar aos corações, com perfume de jasmim,
E soprar a voz de Deus, como sopram a brisa e o vento.

(Repasse com os devidos créditos)

Visitar site da Fátima Irene
 













: Menu Principal Natal : Voltar para Mensagens Natal 2 :



: Laura Poesias : Menu Poesias : Livro de Visitas : E-Mail :







Gostou desta Página?
Recomende para um amigo!
CLIQUE PARA AQUI RECOMENDAR ESTA PÁGINA!



Get a MIDI Plug-in


Revisão de Texto: IZA / Imagem WebShots
 Copyright ©1999 &2003 *Laur@´s Poesias® / Todos os direitos reservados.
Webmaster Design Iraima Bagni / RJ - Brasil


Editada em: 18/12/2003